GRUPO SAMPA ELIMINA OS CAMPEÕES DO BARREIRO

Sadinos 10-0 Atlético de Setúbal

TOTAL DOMÌNIO DA EQUIPA DOS SADINOS DURANTE O ENCONTRO

Uma vantagem de 4 golos ao intervalo era reflexo da diferença entre as equipas. A equipa do Sadinos através de um futebol apoiado superiorizou-se às várias tentativas de um futebol directo por parte da equipa do Atlético de Setúbal.
Na segunda parte a história repetiu-se e os golos, da equipa do Sadinos, foram-se acumulando. Destaque para Rafael Cabrita, da equipa do Sadinos que mostrou ao longo de todo o jogo uma enorme qualidade técnica, culminando com dois excelentes golos. De reforçar também a capacidade colectiva da equipa do Sadinos, com jogadas de grande qualidade, responsáveis por grande parte dos golos.

FC MS 4-8 UD Palhota

O MELHO JOGO DO DIA

A equipa do UD Palhota teve de reagir à desvantagem logo ao 4º minuto de jogo e a verdade é que à passagem dos minutos 14 e 15 conseguiu dar a cambalhota no marcador! Uma primeira parte marcada pelo forte calor, mas jogada com uma intensidade bastante alta. Durante o descanso o resultado era de 3×2, deixando o jogo em aberto para a segunda parte.
Na segunda parte, passados apenas 10 minutos o resultado estava equilibrado num entusiasmante 4×4. A equipa do Galácticos FC MS mostrou alguma quebra de rendimento à entrada do minuto 40 e foi nessa altura que a equipa do UD Palhota aproveitou e foi construindo uma vantagem confortável. Destaque para André Cadimas que mostrou ao longo de todo o jogo a sua qualidade individual, terminando com um hacktrick! Importante também dar nota ao fantástico contributo que o capitão, da equipa do Galácticos FC MS, Hugo Figueiras, deu ao fazer um incrível póker!

 

FC Colinho 6-2 CDR Bairro Liceu

JOGO BEM DISPUTADO

Uma primeira parte em que a preocupação defensiva das duas equipas era evidente, resultando num nulo que apenas o Pastor (Ruben Joaquim), da equipa do FC Colinho conseguiu desfazer à passagem do minuto 16. Este momento foi bastante importante para a equipa, pois desbloqueou um jogo que mostrava-se morno e bastante cauteloso. A verdade é que o CDR Bairro Liceu mostrou algumas dificuldades na criação de situações de finalização e aos poucos foi abrindo espaços que a equipa do FC Colinho foi aproveitando para chegar confortável ao intervalo com o resultado em 4×0.
Na segunda parte a equipa do CDR Bairro Liceu entrou bem e conseguiu reduzir a vantagem para 4×2. No entanto o domínio da equipa do FC Colinho era cada vez mais evidente e mesmo apesar das várias defesas do guarda redes Alexandre Rodrigues, do CDR Bairro Liceu, a vantagem do FC Colinho foi naturalmente ampliada colocando um ponto final em algum tipo de indefinição do resultado.

Destaque para o Pastor (Ruben Joaquim) que em cima do último minuto do jogo chegou mesmo ao hacktrick.

Grupo Sampa 6-3 Pláscart

GRUPO SAMPA CONTINUA NA SENDA DAS VITÓRIAS

Jogo entre 2 boas equipas quer no aspeto ofensivo, bem como no defensivo, procurando ambos serem rápidos sobre a bola para surpreender o adversário e não deixarem espaços entre as suas linhas tornando as equipas mais equilibradas. Partida esta, tal como as seguintes, onde apenas só um dos conjuntos poderá atingir os quartos-de-final desta competição e que permitiu aos vencedores desta partida continuar na senda das vitórias.

Na primeira parte ambos os conjuntos tentaram desde logo imprimir uma enorme velocidade ao seu jogo, jogando o Grupo Sampa um futebol de transições rápidas, enquanto o Plascart num ataque mais apoiado.
Na segunda parte a tendência do jogo foi a mesma, com o Grupo Sampa a revelar uma maior eficácia ofensiva, assim com um maior domínio a nível da posse de bola e através de uma profundidade sempre perigosa, com o adversário a responder, embora sem o jogador que normalmente equilibra a equipa. Destaque individual para o nº 15, João Mendes do lado dos vencedores que juntamente com o seu parceiro de ataque Agostinho, nº 13 criaram inúmeras dificuldades á defesa do Plascart. Da parte dos vencidos o nº 10 Ricardo Almeida foi o jogador mais perigoso.

Vitória justa para o Grupo Sampa sobre o nosso campeão da Linha de Elite, mostrando ser a equipa que mais evoluiu e melhorou a qualidade do seu jogo nos últimos desafios.

 

A.M. Paiva 3-5 F-Street

F-STREET VOLTAM A VENCER E CONSEGUEM O APURAMENTO

Perante um adversário que se apresentou apenas com 6 elementos, jogando todo o jogo em inferioridade numérica, os F-Street conseguiram o apuramento para os quartos-de-final. O facto de jogar com mais um elemento veio a revelar-se fundamental para o resultado final, embora o A.M. Paiva tenha lutado bastante e em alguns períodos do encontro, dominado o seu opositor.

Apesar de algumas falhas coletivas, ambas as equipas apresentaram bons valores individuais, acabando os F-street por ganhar de forma justa.
A primeira parte acabou por registar um maior equilíbrio, uma vez que na segunda metade do encontro o A.M. Paiva caiu um pouco a nível físico, pois não podiam refrescar os seus jogadores, aumentando assim as suas dificuldades nos lances diversos lances. Destaque para os capitães de ambas as equipas, o nº 7 Miguel Ferreira e nº 10 Belmonte, por parte dos vencidos e vencedores respetivamente, como elementos mais esclarecidos em campo.

A equipa dos F-Street, estava a necessitar de uma vitória para levantar a confiança dos seus jogadores.

Canarinhos 4-3 Lagus FC

CANARINHOS BEM ORGANIZADOS VENCEM ADVERSÁRIO DIFÍCIL

Uma equipa dos Canarinhos bastante organizada vence o Lagus FC, recheado de bons elementos a nível individual.

Desde o Inicio do jogo que já se adivinhava que este seria equilibrado e emotivo, onde os vencedores privilegiaram mais o seu coletivo, tentando não se desequilibrar quando perdiam a bola, perante um adversário que até esteve em vantagem e procurou assumir o jogo. Na primeira parte o encontro decorreu num ritmo mais lento do que no segundo tempo, uma vez que as equipas se respeitaram mutuamente, embora em ambos os períodos se tenham registado diversos lances de bom futebol, bem como várias oportunidades de golo em ambas as balizas.
Uma nota individual para o nº 3 dos vencedores, Paulo Dias, pelo seu bom desempenho, assim como para o nº 11 do Lagus FC, Pedro Oliveira, Jogadores esses que mais qualidade ofereceram às suas respetivas equipas., fruto da sua entrega ao jogo. Podemos então concluir que o resultado final espelha o equilíbrio existente no encontro e que os espaços entre linhas eram poucos, bem como os blocos defensivos que estiveram, normalmente bem posicionados.

Os Canarinhos com esta vitória e numa competição a eliminar, demonstraram que são uma equipa a ter em conta para o seu vencedor final.

 

Barreiro Stara Zagora 5*-5 Chape SC

VITÓRIA DA EXPERIÊNCIA NOS PENÁLTIS

No último jogo da noite o Barreiro Stara Zagora venceu após um empate 5-5 no tempo regulamentar, um adversário incómodo e com bons jogadores, através da marcação de grandes penalidades. Este foi apenas decidido mesmo no final, demonstrando o equilíbrio existente ao longo de ambas as partes.

A equipa vencedora de grande valia entrou melhor e mais concentrada num jogo, bastante dinâmica, com várias oportunidades de golo e à medida que este foi avançando foi ganhando cada vez mais confiança, perante um conjunto que reduz bastante as linhas de passe do portador da bola em tarefas ofensivas. A equipa do Chape SC forçou alguns lances de 1×1 de forma a usar a técnica individual apurada dos seus elementos do sector atacante, perante uma equipa muito bem organizada que raramente se desposiciona bem em campo, ocupando os espaços e condicionando assim a tarefa do opositor. Assim este último jogo da noite apenas foi decidido nos penaltis, como referi, demonstrando o equilíbrio dominante existente em ambas as partes da partida.
Destaque para o nº 12 Carlos Marques, presente em diversas situações de finalização e para o nº 7 Betinho, do chape SC como os melhores jogadores em campo de cada equipa.

Pode-se então constatar que se tratou de uma vitória da experiência e maturidade, sobre a irreverência, pois a equipa vencida ao deparar-se com situações de adversidade não manteve a calma, situação que retirou concentração aos seus jovens jogadores.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.
EnglishFrenchPortugueseSpanish